segunda-feira, abril 11, 2016

Guia do proprietário de primeira viagem: Peixes Betta (Introdução)

Quantos aqui sabem que há um pouco mais de um mês eu ganhei o meu Bob? O meu Bob é um peixe Betta: amarelo, lindo, simpático e muito inteligente - eu o apelidei de peixe cachorro, pois ele interage muito e até aprende truques!


Anos depois de eu ter perdido a Vava (minha cachorrinha) e o George (minha calopsita), decidi que era hora de abrir o meu coração novamente para um bichinho.

Como ando com o meu tempo apertado e estou com os meus gastos reduzidos, decidi que o animal ideal para este momento seria um peixinho!


Os peixes Betta são animais fantásticos originários do Sudeste da Ásia.

Quando na natureza, eles vivem em campos de arrozais e pequenos lagos. Por viverem em condições extremas (de inundações e secas), o seu corpo de adaptou!

Os Bettas tem a capacidade de respirar o oxigênio do ar com a boca e absorver o oxigênio da água através das brânquias! - o órgão que permite que esses peixes metabolizem oxigênio do ar é chamado de labirinto!

Os peixes Betta receberam este nome inspirados em uma clã de guerreiros que eram chamados de "Bettah", após começarem a ser conhecidos pela sua agressividade e ficarem famosos em "lutas de peixes", esporte que se  tornou muito popular por volta do ano 1850.

Os machos desta espécie são muito territorialistas, portanto não é recomendado colocar dois machos em um mesmo aquário (há 99% chance de morte de um deles) - fique tranquilo, são peixes que vivem melhor sozinhos!


Os peixes Betta são animais fáceis de cuidar, mas há muitos mitos em relação ao seu manejo que devem ser destruídos, portanto espero que os próximos posts ajudem na melhor criação destes animais adoráveis!

Verônica Pardini, DVM

Obs: o meu Bob foi adquirido na loja PetShop DogCat & CIA! O proprietário é muito cuidadoso na escolha dos animais, eu recomendo a visita! Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário