quarta-feira, dezembro 16, 2015

Parece que saiu de um livro do Dr. Seuss

Faz tempo que não faço um post sobre um animal divertido e estranho! Então hoje será a vez do Binturong - não eu não inventei, eu juro que é um animal de verdade...na verdade a palavra "binturong" veio de uma língua que já foi extinta!

Cabeça de gato, corpo de urso, rabo preênsil mais longo que o seu corpo, pelo preto desgranhado, bigodes duros e brancos.... essas características definem bem um binturong - não, também não tirei esse animal de um livro infantil...



Por incrível que pareça esse animal não faz parte nem da família dos gatos nem dos ursos, ele na verdade está relacionado com as civetas (foto à esquerda) e as ginetas (foto à direita).



Mesmo sendo classificado como carnívoro, a maior parte da sua dieta é constituída de frutas - e com as sementes que saem em suas fezes ele ajuda a replantar as florestas asiáticas.

Eles passam a maior parte da sua vida na copa das árvores, mas como não conseguem pular de uma árvore para outra, eventualmente, eles tem que descer para procurar uma nova árvore - e quando eles estão no chão eles andam como ursinhos.



Mesmo sendo basicamente um animal noturno, a sua visão é muito boa tanto de dia quanto de noite, podendo assim ser ativo a hora que bem entender.

Um fato bonitinho é que eles tem um cheiro muito característico...de pipoca com manteiga! - muito gostosinho!



As fêmeas de binturong são um dos poucos animais que conseguem controlar quando seu filhote irá nascer, para que ele chegue ao mundo na época mais favorável do ano.

Estranhos mas adoráveis, não concordam?
Verônica Pardini, DVM Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, dezembro 02, 2015

A jornada rumo ao sonho americano (CPE)

Sei que muitos estão esperando este post há algum tempo, mas vou ter que começar este post já pedindo desculpas, pois infelizmente não poderei dar muitos detalhes devido a um contrato com o ECFVG que nos proíbe passar informações sobre a prova - se eu falar mais do que devo perco a minha validação.  


Posso começar dizendo que definitivamente estes serão os piores 3 dias da sua vida, mas se você realmente quer trabalhar lá, você terá que enfrentá-los.

Alguns motivos que tornam esses dias assustadores:
- A dificuldade de saber tudo sobre tudo (quem está estudando ou quem já passou por isso sabe do que eu estou falando ... a quantidade de matéria que você deve saber e ter prática é surreal)
- A pressão de ter alguém te questionando a cada segundo do dia
- Os examinadores...na verdade a maior parte é muito legal e tentam ao máximo te deixar tranquilo, mas alguns não são tão simpáticos assim (e estes te deixam muito inseguro).
- Saber que erros bobos podem te expulsar de cada uma das 7 partes da prova.
- Outros estudantes te contando histórias de reprovação (faça ao máximo para não ouvi-los, pois isso te deixará mais nervoso).
- Os dias são super longos (7-17:30 todos os 3 dias - mas pelo menos na sala de descanso tem mil lanchinhos e o almoço é TOP!)

Cada um lida de maneira diferente com a pressão, eu achava que iria surtar, mas pelo contrário, me mantive estranhamente calma durante este processo - obviamente teve certos momentos que as borboletas estavam fazendo festa no meu estômago (e não no bom sentido), mas de maneira geral me mantive bem. 

Já posso te dizer agora, que eu reprovei uma das partes que eu mais tenho experiência: anestesiologia. Foi um erro idiota, de pura falta de tempo e pura falta de atenção - vou ter que voltar para Vegas refazer :(

Nesta prova se você reprovar 3 ou menos seções (isso significa que você deve passar pelo menos 4 partes), eles te dão a chance de refazer apenas estas partes (você tem mais duas chances para passar em cada área). Se você reprovar 3 vezes alguma das sessões, você deverá  fazer todo o CPE novamente (cruz credo).

Eu também sei que passei com nota perfeita em radiologia (uma das áreas que eu estava com medo pois não tinha muita experiência, mas cá entre nós foi bem fácil) - ebaaaa!

Nas outras áreas (pequenos, ruminantes, equinos, cirurgia e necrópsia) só vou ter certeza se passei ou não em aproximadamente 20 dias - espero do fundo do meu coração que só tenha reprovado anestesia!

A verdade é que tem milhares de coisas que eu gostaria de desabafar por aqui, mas não posso.

Minhas sugestões para quem pretende prestar esta prova: 
- Estude estude estude (mas relaxa, não importa o quanto você estude você nunca irá saber tudo o que eles querem)
- Eles te dão um manual para prova (saiba ele até de ponta cabeça)
- Seja simpático com os examinadores (por mais frios que eles sejam)
- Trate com respeito as veterinary technicians, elas podem te ajudar e muito (eu sei que isso é o básico da boa educação, mas não custa falar né?)
- Não duvide do seu conhecimento (as vezes você verá os examinadores com cara de bravo - ignore e dê o seu melhor)
- Controle bem o seu tempo (tem partes em que o tempo que te dão é curto! Fique atento)

Assim que eu souber quais partes eu passei, vou disponibilizar as apostilas que eu montei para estudo na lojinha do blog- obviamente só vou disponibilizar das partes que eu já passei por ter certeza que estão boas!

Espero ter matado um pouquinho da curiosidade de vocês..... Desculpa não poder falar mais!
Beijos e até a próxima!

Verônica Pardini Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...