sexta-feira, agosto 01, 2014

Mike, o frango sem cabeça

Já li muitas histórias bizarras, mas essa conseguiu me impressionar. Peço a todos aqui que tem o estômago fraco, para não continuar lendo este post.



Para os que não se impressionam facilmente, eu lhes apresento Mike, o frango sem cabeça.


Tudo começou em setembro de 1945, quando a família Olsen decidiu comer frango no almoço. O marido, Lloyd Olsen, foi até o quintal achar o frango mais gordinho para a refeição, Mike foi o escolhido.

Como de costume, Lloyd colocou o frango em uma mesa, preparou o seu machado e deu o golpe, que deveria ter sido fatal.

Mas algo muito estranho aconteceu, Mike logo se levantou e começou a andar e fazer o que todo frango faz - se empoleirar, ciscar e todo o resto.

 
Lloyd ficou surpreso quando acordou no dia seguinte e viu a ave "dormindo"! Naquele momento ele percebeu que Mike era especial e já que o franguinho tinha tanta vontade de viver, ele iria dar um jeito de dar água e comida para o frango - através de um conta gotas.


A universidade de Utah estudou o animal, e eles descobriram que o machado errou a jugular, e que um coagulo evitou que Mike sangrasse até a morte, outras duas estruturas foram poupadas: um dos ouvidos e a mais importante, o tronco enfefálico - este último permitiu que o animal continuasse saudável e vivendo como um frango normal.

Mike viveu bem e com saúde por 18 meses, ele só faleceu, pois em uma noite durante a sua turne, ele acabou engasgando e Lloyd não achou o conta gotas para salva-lo.

Todo mês de maio a cidade de Fruita, no Colorado celebra a vontade de viver do frango com o "Annual Mike, The Headless Chicken Festival" .

Que história, né?
Bom final de semana para todos.
Verônica Pardini, DVM Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários: