quinta-feira, janeiro 09, 2014

Trabalho Científico: Tricofoliculoma em hamster chinês (Cricetulus griseus)

Tricofoliculoma em hamster chinês (Cricetulus griseus)
Hippólito, A. G.; Soares, G. D. P.; Carvalho, M. P. N.; Miranda, B. S.; Teixeira, C. R.; Silva, M. C. L.; Masseno, A. P. B.

Introdução:

Os hamsters possuem alta taxa metabólica, são onívoros e praticam a coprofagia. O linfoma e a neoplasia de adrenal são as neoplasias mais comuns nestes animais e os tumores de pele e subcutâneo, são raros. O tricofoliculoma é uma neoplasia de pele benigna, frequentemente encontrada em porquinhos-da-índia, o qual se origina dos folículos pilosos, com a arquitetura semelhante a um hamartoma. O tricofoliculoma é composto por folículos secundários irradiados no padrão arborizados a partir dos folículos primários, que se apresentam grandes e dilatados.

Relato de Caso:

Hamster chinês, macho, 47g, com aproximadamente 1 ano de idade, foi atendido no Centro de Estudos de Medicina e Pesquisa de Animais Selvagens- CEMPAS, situado na UNESP de Botucatu. A queixa principal era o aumento de volume em região torácica há três meses. Ao exame físico constatou-se massa firme, não pedunculada, em subcutâneo, de aproximadamente 2cm de diâmetro, não ulcerada. Foram realizados citologia e debridamento superficial da lesão. A citologia acusou pouca celularidade, com presença de ceratinócitos. Após 17 dias a massa foi removida cirurgicamente com o animal anestesiado, foi observada que a massa não estava aderida a musculatura e exibia o aspecto ulcerado. Suturou-se a pele com Nylon 3-0, utilizando o padrão de sutura cushing e pontos simples separados e foi indicado curativos diários com pós antisséptico. A diferença do peso do animal após o procedimento foi 6g. O paciente apresentou deiscência dos pontos depois de uma semana do procedimento. Foi aplicado penicilina benzatina, 22.000 UI na via intramuscular e foi realizado curativo em dias alternados. Recomendou-se a troca do substrato da gaiola de cepilho para papel toalha, com rolo de papel higiênico para servir de ponto de fuga. Apenas dois curativos foram necessários, que consistia na aplicação de clorexidine tópico com açúcar, por 8 minutos, em seguida, limpeza e nova aplicação de clorexidine tópico. A ferida cicatrizou rapidamente, indicando a efetividade da associação terapêutica e o ótimo prognóstico do caso, tendo em vista a benignidade do tricofoliculoma e cura com remoção cirúrgica.

Conclusão:

A penicilina benzatina e o clorexidine tópico aliado ao açúcar estimulou a proliferação do tecido de granulação, contribuindo para a cicatrização da ferida contaminada e proporcionando rapidez no fechamento da lesão. Por tratar-se de tricofoliculoma, a cura com a remoção cirúrgica do tumor benigno possui ótimo prognóstico.




Tem algum artigo científico que você acha que é legal compartilhar? Mande para drapardini@gmail.com

M.V. Verônica Pardini Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário