domingo, novembro 17, 2013

O lago mumificador

Me desculpem pela falta de posts, mas estes dias de pré-viagem e pré-navle tem sido super corridos!
Hoje é o dia de embarcar e começar a surtar um pouquinho já que a minha prova é em 48 horas!!

Ficarei 10 dias fora, mas prometo tentar postar o máximo que eu conseguir! Quem quiser me acompanhar durante os dias em New York curta a página do blog no facebook!

Vocês já devem ter percebido que eu AMO viajar! Amo descobrir novos lugares, conhecer gente nova.... afinal esse planeta é cheio de surpresas!

Uma surpresa horripilante está localizada na Tanzânia (África). Lá existe um lago que tá mais para uma armadilha mortal: os animais que ousam tocá-lo são petrificados (ok não é uma coisa instantânea, mas eventualmente os animais ficam mumificados)!

O lago Natron
O lago Natron tem um alto grau de alcalinidade (pH 9-10,5), isso faz com que os animais que caem na água se calcifiquem e fiquem perfeitamente preservados a medida que secam.
O fotógrafo Nick Brandt registrou alguns desses animais:





Beijos!
M.V. Verônica Pardini Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, novembro 14, 2013

Testando o seu conhecimento (13)

Ebaa amanhã é feriado - eu já vou emendar com as minhas pseudo-férias :)!!!

Vamos para a questão da semana?

Which of the following renal diseases is most common in hamsters?
(Qual das doenças renais abaixo é mais comum em hamsters?) 
  1. Acute tubular nephrosis (Necrose tubular aguda).
  2. Glomerulonephritis (Glomerulonefrite).
  3. Pyelonephritis (Pielonefrite).
  4. Amyloidosis (Amiloidose).



Answer (Resposta):
4. Amyloidosis (Amiloidose).
The correct answer is amyloidosis. There is no effective treatment. Hamsters can develop glomerulonephritis, pyelonephritis, or acute tubular nephrosis, but amyloidosis is far more common in older hamsters. 

(A reposta correta é amiloidose. Não há tratamento eficaz. Hamsters podem ter glomerulonefrite, pielonefrite e necrose tubular aguda, mas a amiloidose é de longe a doença renal mais comum em hamsters mais velhos). 

Hora de aproveitar o feriado!!
M.V. Verônica Pardini Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, novembro 12, 2013

Hiperestrogenismo/ Hiperadrenocorticismo em ferrets

Percebi agora que nunca fiz um post sobre os ferrets! Então hoje vou contar sobre uma doença que afeta este mustelídeo.


O Hiperestrogenismo/ Hiperadrenocorticismo tem como sinais clínicos:
  • Alopecia bilateral.
  • Comportamento agressivo.
  • Fêmeas: vulva edemaciada - com secreção.
  • Machos: obstrução uretral; disúria.

Em casos crônicos podemos ter outros sinais:
  • Anemia - supressão medular.
  • Atrofia muscular.
  • Fraqueza e letargia.

Estes sinais geralmente são secundários à um tumor na adrenal.

Animais castrados têm mais predisposição à doença (altos índices de LH causados pela castração estimulam as adrenais e predispõe o crescimento de tumores).

Mesmo essa doença sendo chamada de hiperadrenocorticismo não podemos comparar com o hiperadrenocorticismo em cães - cães têm os níveis de cortisol elevados, já os ferrets tem aumento de estrogênio.


O diagnóstico consiste do histórico, sinais clínicos, exame ultrassonográfico (se as adrenais estiverem normais não descarta a possibilidade do animal ter a doença) e teste dos hormônios sexuais.

VC = Veia Cava; Setas apontam a adrenal afetada.

O tratamento mais eficaz é a adrenalectomia, mas isto nem sempre é possível devido a proximidade da glândula com a veia cava. Quando a cirurgia não é recomendada recorremos ao tratamento médico com Melatonina e/ou Lupron (hormônio sintético que diminui a liberação de estrogênio).


Lembre-se este texto é para referência e aprendizado! Se o seu animal está "estranho" leve ele à um VETERINÁRIO especializado ok?

M.V. Verônica Pardini
 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, novembro 11, 2013

Tudo por um pouquinho de sorte :)

Daqui uma semana vou fazer a tão esperada prova do NAVLE! Por isso, com o objetivo de me trazer sorte, a Joaninha foi escolhida como tema do post de hoje!

Você acredita que existe mais de 5000 espécies descritas desse inseto? - tem sorte pra dar e vender.


A joaninha vermelha de bolinhas pretas é a mais conhecida, mas elas podem variar de cor dependendo da espécie:


Tem gente que acredita que o numero de bolinhas representa a idade do inseto, mas isso não é verdade. A cor e a quantidade de bolinhas não muda depois que o animal "nasce".

A maioria das joaninhas são vistas pela maioria como insetos "úteis". Elas se alimentam de outros insetos que são considerados pestes em jardins e plantações.

Mas nem tudo é perfeito, quando uma das espécies de joaninha é introduzida em um novo local, elas podem destruir as joaninhas nativas e consequentemente tornam pestes - o feitiço vira contra o feiticeiro.
 

Mas fora isso são insetinhos muito simpáticos!
Por favor joaninhas lindinhas! Me deem sorte :)
M.V. Verônica Pardini Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, novembro 07, 2013

Crimes no reino animal (Parte 1)

O post de hoje é um pouco perturbador, se você tem estômago fraco pare de ler agora.

Essa semana li no facebook algo que me chamou a atenção: lontras macho forçam cópula com filhotes de foca.


Como eu poderia acreditar que esse adorável animalzinho seria capaz de algo tão terrível? Por isso tive que ir atrás de evidências.

Encontrei um trabalho científico que relata alguns casos de cópula forçada resultando em morte de focas e de algumas lontras fêmeas (leia o trabalho aqui).

Neste estudo eles descrevem 19 casos de comportamento sexual entre lontras e focas, detalhando as lesões encontradas nos animais mortos - todos na região da Baia de Monterey, Califórnia . 

Lesões:
  • Lesões cutâneas superficiais.
  • Hemorragia ao redor do nariz, olhos, nadadeiras e períneo.
  • Úlceras de córnea.
  • Trauma genital (perfuração vaginal e coloretal, transecção vagino-cervical).
  • Pneumoperitonio - devido a perfuração vaginal (lesão pós-coito que antes só havia sido descrita em humanos).
Neste trabalho, também relatam que as lontras macho muitas vezes mantém relações sexuais com a carcaça do filhote de foca ou da lontra fêmea até 7 dias após sua morte.

Lontra carregando carcaça de filhote de foca.
Eu disse que era perturbador...
M.V. Verônica Pardini



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, novembro 06, 2013

Dica: Zoojóias

Hoje é dia de dica aqui no blog!

Não sei vocês, mas eu acho super difícil comprar presente - quero sempre que seja algo único e que a pessoa ame de verdade!

Esse ano durante o WDA conheci o pessoal da Zoojóias, e descobri que eles fazem pingentes baseados na foto do seu pet! Super adorei a idéia - principalmente porque o aniversário da minha mãe está chegando!

Para quem não sabe, a minha cachorrinha faleceu há alguns meses. Sabendo o quanto a minha mãe sente falta dela, decidi mandar uma foto da Valentina para o pessoal da Zoojóias!


Alguns dias depois eles me mandaram o esboço e o orçamento da peça - você pode escolher entre prata 950 ou banhadas a ouro 24k:


Após aprovar o esboço e realizar o pagamento pelo site, eles começam a produção do pingente. Depois de finalizado, ele chega na sua casa via correio. Devo dizer que estou muito feliz com o resultado a peça!


Além do trabalho ser de ótima qualidade o atendimento deles também é impecável! São atenciosos e de confiança!

Vale a pena conferir!
M.V. Verônica Pardini

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, novembro 04, 2013

Testando o seu conhecimento (12)

Essa chuvinha caindo lá fora está me animando a estudar bastante hoje (afinal daqui 15 dias vou prestar o NAVLE - que nervoso!!)

Então vamos para questão da semana!?

A horse presents with a large abscess in the pectoral region approximately 10 cm in size. The abscess appears mature in nature. There are no other significant findings on physical exam. What is the most logical treatment?

(Você atende um cavalo com um abscesso de aproximadamente 10cm na região peitoral. O abscesso parece maduro. Não há nenhum outro achado no exame físico digno de nota. Qual é o tratamento mais lógico?)
  1. Surgical excision (Excisão cirúrgica).
  2. Establish drainage and flush the wound daily (Colocar um dreno e limpar a ferida diariamente).
  3. Systemic antibiotics (Antibiótico sistêmico).
  4. Systemic corticosteroids (Anti-inflamatório esteroidal sistêmico).

Answer (Resposta):
2. Establish drainage and flush the wound daily (Colocar um dreno e limpar a ferida diariamente).
The clinical signs described are most consistent with a Corynebacterium pseudotuberculosis infection. For abscesses associated with this agent, wound drainage is the most critical aspect of management. Systemic antibiotics would only be useful in horses showing systemic signs of illness which is uncommon with this condition. Corticosteroids would be contraindicated and would likely exacerbate clinical signs. Surgical excision is not necessary and would cause unnecessary expense and morbidity.

(Os sinais combinam com uma infecção por Corynebacterium pseudotuberculosis. Para abscessos causados por este agente o tratamento mais importante é drenagem. Antibióticoterapia só seria importante caso o animal estivesse apresentando sintomas sistêmicos. Corticoides são contraindicados. Procedimento cirúrgico é desnecessário).

Acertaram?
M.V. Verônica Pardini


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, novembro 03, 2013

Tudo por comida!

Por motivos que ainda não compreendo direito, eu acho cabras extremamente fofas. Por isso hoje vou compartilhar com vocês as cabras de Tarudante (ou Tamri goats).

Aves e esquilos moram em árvores, cabras moram no chão.... certo? Não.

Sabe o que esses animais fazem para conseguir uma frutinha chamada argão? Sobem em árvores!
Precisa ver para crer? Aí vão umas fotinhos:





Parece montagem, mas não é - juro!

Essa história toda fica melhor! Após digerirem a parte mole da fruta, a semente sai nas fezes.... essa semente é recolhida, e o valioso óleo de argan é extraído delas - aham isso mesmo, aquele óleo "milagroso" para os cabelos contém cocô de cabra.


Muito fofas né?
M.V. Verônica Pardini

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...