terça-feira, julho 09, 2013

Uns "cães" nada convencionais

Bom dia gente!
Ontem cheguei de viagem, e diferentemente do que eu gostaria não tive tempo de postar no blog... porque? Bom, saí do avião e fui direto para o hospital com suspeita de dengue! Mas agora estou melhorando e é isso que importa!

Mas chega de blá blá blá né? Vamos ao post do dia!

Assista o vídeo:



Quem nunca viu esse vídeo hehe? Mas você conhece este animal?
Estes simpáticos e fofos roedores são os cães-da-pradaria.


Características:

Vivem em pradarias (como o nome já diz haha) e campos abertos da América do norte.

Suas casinhas são túneis de baixo da terra com terra batida em sua entrada - esses túneis formam verdadeiras cidades, tem lugar definido para berçário, banheiro e quartos!

A maior cidade de cães-da-pradaria já encontrada tinha 65 mil km² (uau), mas normalmente elas não ocupam mais do que 1,5 km².

Em cada entrada eles deixam um "segurança", este cão-da-pradaria fica de olho nos predadores.

Posto de guarda
As vezes esses seguranças não são tão eficientes e animais como cobras e corujas invadem os túneis, predam esses bichinhos e passam a morar nos buracos.

Um grupo familiar é formado por um macho, fêmeas e seus filhotes - que se cumprimentam com um beijo!


Esses roedores saem dos túneis durante o dia para se alimentar de grama, raízes e sementes.

Eles se comunicam com gritos - um grito de cuidado, por exemplo, faz todos os animais correrem de volta ao seu buraco.

Infelizmente seu habitat foi transformado em fazendas, e os donos das terras acham que os cães-da-pradaria são pestes. Durante o século 20, aproximadamente 98% de toda população desses animais  foi exterminada.

Agora só nos resta rezar para que haja um futuro para estes animais!
M.V. Verônica Pardini

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário