quinta-feira, julho 11, 2013

E se os animais pudessem falar?

Quando estava escrevendo o post na terça feira, me deparei com um texto muito interessante! Então hoje a curiosidade é sobre os fofíssimos e falantes cães-da-pradaria.


Não, eu não me enganei.... a verdade é que eles realmente são falantes!

O biólogo e professor da "North Arizona University" Con Slobodchikoff começou a estudar a linguagem desses animais há 30 anos.

Para entender o que eles dizem, os animais foram capturados e seu pêlo pintado para identificação, os sons na presença de diferentes predadores foram gravados.

O professor e sua equipe descobriram que os animais têm sons bem distintos para cada predador - coiotes, cães e humanos. Mas o mais interessante foi o que ele descobriu depois: esses roedores fazem um som levemente diferente para indivíduos de uma mesma espécie. Mas o que isso significava? O biólogo acreditava que eles estavam descrevendo características físicas de cada predador.

Para provar sua teoria vários experimentos foram realizados, e ele se surpreendeu com os resultados - os cães-da-pradaria são capazes de descrever cores, tamanhos, formatos e até mesmo, em um dos testes, descreveram um humano carregando uma arma.

Em um som de 1/10 de segundo o cão-da-pradaria conseguiu dizer "Humano alto e magro usando uma camiseta azul andando vagarosamente através da colônia".

Slobodchikoff diz "Quando as pessoas perceberem que cães-da-pradaria assim com outros animais podem falar, irão enxerga-los em uma nova perspectiva".

Obrigada Slobodchkoff, por dedicar sua vida à decodificação da linguagem animal.

Quer saber mais sobre o trabalho dele? Acesse: http://conslobodchikoff.com/

Esses texto me fez ficar pensativa.... imagina se pudéssemos compreender o que o nosso cão, gato, cavalo está nos falando? Do jeito que as coisas estão indo logo teremos aparelhos tradutores animal-humano (o Slobodchikoff já está desenvolvendo um). Será que estamos preparados para ouvir o que eles têm para nos falar?

M.V. Verônica Pardini Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário