segunda-feira, junho 03, 2013

Novo filhote no Zoo de Belo Horizonte

A "cegonha" passou pelo Zoológico de Belo Horizonte! No último dia 30 nasceu um filhote de hipopótamo! O filhote tem sido monitorado à distância por biólogos, pois a mãe é super protetora. Mãe e filhote podem permanecer na água por vários dias (ele inclusive mama de baixo d'água!).

De acordo com o zoológico, a gestação durou em torno de oito meses (o parto ocorre na água) e, geralmente, os filhotes nascem com peso entre 25 e 55 quilos, podendo atingir até 4,5 toneladas na fase adulta. Os hipopótamos vivem em média 40 anos.

Filhote no Zoo de Belo Horizonte

Mas vocês sabem tudo sobre estes animais?

"Hipopótamo" vem do Grego, e significa "cavalo da água". Mas estes animais não estão nem um pouco relacionados aos cavalos - na verdade seus "parentes" mais próximos são as baleias e golfinhos.

Seu habitat natural são rios e lagos na África.

São adaptados à vida aquática: 
  • Seus olhos, narinas e orelhas do topo de sua cabeça, fazem com que ele possa ver, ouvir e respirar mesmo estando praticamente todo submerso.
  • Seus olhos tem uma membrana para proteção de baixo da água, mas ainda permite visão. 
  • Eles podem segurar a respiração por 5 minutos ou mais.
  • Mesmo com todas estas adaptações eles não conseguem nadar nem flutuar por causa do seu corpo denso. Para se locomover os hipopótamos andam se apoiando levemente no fundo do rio, como bailarinos.
Sua pele com características únicas, precisa permanecer molhada boa parte do dia (ficar muito tempo fora da água pode levá-lo a desidratação).

Eles não tem glândulas sudoríparas verdadeiras, então o que eles fazem é secretar uma substância vermelha e grossa pelos poros, que é conhecida como "suor de sangue" (porque parece que o animal esta suando sangue). Esta secreção protege a pele do sol, de infecções e a mantém úmida.

"Suor de sangue"
Eles parecem fofos e simpáticos, não é? Mas eles estão entre os animais mais agressivos e perigosos do mundo. Seus caninos e incisivos crescem continuamente, com os caninos podendo chegar até 50cm.


Mesmo ainda não estando ameaçados de extinção, seu habitat vem diminuindo e a caça pelos seus caninos e sua carne tem aumentado.

São animais magníficos!
M.V. Verônica Pardini Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário