segunda-feira, maio 06, 2013

Os cavalos de Poseidon!

"Os hippocamps eram os "cavalos" de Poseidon. A parte superior de seu corpo era a de um cavalo com crina membranosa, guelras e membranas interdigitais nos supostos cascos, e sua parte inferior era de um peixe. Os hippocamps eram empregados pelo Deus dos mares em sua maioria na espionagem e na patrulha por seu reino oceânico em busca de empecilhos" - Mitologia grega.

Pintura: A carruagem de Poseidon.
Hoje é dia de falar sobre um animal fantástico e maravilhoso: o cavalo-marinho!

Hippocampus ingens (Foto: Peter Liu)
  • Existe mais de 53 espécies de cavalo-marinho, mas por causa da poluição, destruição de seu habitat e seu uso na medicina asiática tradicional, muitas destas espécies estão em risco de extinção.
  • Estes peixes com formato similar à equinos variam entre 1.5-35cm de comprimento.
  • Eles se prendem com a sua cauda prênsil em algas e corais, e usam seu focinho alongado para sugar plankton e pequenos crustáceos que cruzam o seu caminho (são comedores vorazes, podendo consumir até 3000 crustáceos por dia).
  • Vivem entre 1-5 anos na natureza.

Cavalos-marinhos são peixes únicos, sabe por que? Aqui vão alguns motivos:
  • São monogâmicos e vivem com o parceiro "para sempre" (fofos!).
  • São os machos que "engravidam" (os machos têm uma bolsa na base da sua cauda onde as fêmeas depositam seus ovos --> estes ovos são fecundados internamente --> depois de completamente formados os filhotes são liberados no oceano).
Macho "grávido" (Foto: Felicia McCaulley)
  • Não são bons nadadores devido ao formato do seu corpo (podem morrer de exaustão facilmente).
(Foto: Sarfaraz)
  • Eles não têm dente nem estômago. A comida passa tão rapidamente pelo seu trato gastrointestinal, que eles têm que comer constantemente para conseguir sobreviver.
  • Não têm escamas como os outros peixes, mas sim placas ósseas que recobrem o seu corpo.
  • Podem mover os olhos independentemente um do outro.
Por mim ficava o dia inteiro postando fotos destes belos e curiosos animais!
M.V. Verônica Pardini
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário