terça-feira, maio 28, 2013

Calicivirose em mamíferos marinhos (San Miguel Sea Lion Virus)

Não temos uma única aula na faculdade sobre doenças de mamíferos marinhos, não é mesmo? Portanto quem quer seguir esta carreira tem que colocar a cara nos livros! Para dar uma ajudinha hoje o post é sobre Calicivirose em mamíferos marinhos! Já ouviu falar nesta doença?

É o mesmo vírus que causa "Exantema Vesicular de Suínos" (teorias dizem que o vírus foi transmitido por mamíferos marinhos para os suínos. "Coincidentemente" este vírus também foi isolado do peixe Girella nigricans, uma das principais fontes de alimento dos leões-marinhos ;]).

Girella nigricans
Mais de 20 sorotipos foram isolados de: leão-marinho-da-califórnia, leão-marinho-de-steller, lobo-marinho, elefante-marinho, morça e golfinho-nariz-de-garrafa.

Sinais clínicos: vesículas na pele (estas vesículas podem virar úlceras de rápida cicatrização).
  • Dependendo da gravidade as lesões podem se curar entre 1 e 9 semanas.
  • Leões-marinhos-da-califórnia podem ter nódulos na face (que lembram poxvirose).
Vesícula ulcerada em gengiva de leão-marinho

Diagnóstico: isolamento viral (swab retal e de garganta; aspirado vesicular).

Tratamento: as lesões são autolimitantes.
  • Mas cuidado com infecções bacterianas secundárias!
Lesões com infecção bacteriana secundária
Saúde Pública: ainda não há confirmação que o calicivírus marinho causa doença em seres-humanos. Porém este vírus já foi isolado de diversos mamíferos terrestres, inclusive primatas. Portanto, devemos ter cuidado ao lidar com este vírus.

M.V. Verônica Pardini Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário