terça-feira, março 26, 2013

Correndo livre como o vento...

Minha TV a cabo decidiu falhar, então minha única solução era colocar um DVD para acabar com aquele silêncio insuportável. Resolvi assistir o  primeiro filme que eu colocasse a mão... para minha surpresa e inspiração o filme escolhido foi "Spirit: O corcel indomável" (o desenho da DreamWorks lembra?)

Spirit: O Corcel Indomável (2002)
Sou completamente apaixonada por cavalos, então hoje vou falar um pouquinho sobre os Mustangs.

Estes belos animais são chamados de "cavalos selvagens", pois vivem soltos nas terras dos Estados Unidos, mas na realidade são cavalos "assilvestrados", o que isso significa? Significa que eles são descendentes de cavalos domesticados trazidos por conquistadores espanhóis no século XVI.

As vastas planícies dos Estados Unidos e a ausência de predadores naturais contribuíram para a sua rápida expansão - uma manada de mustangs pode dobrar de tamanho a cada cinco anos.

Foram altamente apreciados pelos aborígenes e pioneiros por serem dotados de grande resistência e força, produto de um enorme desenvolvimento muscular.

Mustangs
No início do século XX, os mustangues chegaram a 2 milhões de exemplares e se tornaram um problema para os agricultores, pois competiam com os seus bovinos pelas pastagens. Assim começou a sua caça, e o seu número foi reduzindo gradualmente até que chegou a apenas cerca de 320.000 animais no final da década de 1960 - sua carne servia de alimento para pessoas e animais, e muitas vezes eles eram capturados e vendidos para os militares.

Dado o rápido declínio no número de indivíduos, em 1971 no Congresso dos Estados Unidos, foi aprovada uma lei que declarou o mustang como espécie protegida.

Atualmente a população excede 33000 indivíduos, mesmo tendo desaparecido de alguns estados, é uma população considerada estável (ufa!).

Mustangs
"Liberdade" é a primeira palavra que me vem na cabeça quando imagino um "cavalo selvagem".....queria eu poder correr livre feito um Mustang!

Espero que vocês tenham gostado!

M.V. Verônica Pardini Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário