segunda-feira, fevereiro 18, 2013

O tesouro da China

"Há muito tempo atrás, quando os pandas ainda viviam nas montanhas do Tibete, eles eram brancos como a neve. Eles eram amigos de quatro pastorinhas que olhavam seu rebanho, na montanha próxima à sua vila. Um certo dia, enquanto estas pastorinhas estavam brincando com o filhote de um dos pandas, um leopardo pulou de trás de uma moita e tentou atacar o filhote. As meninas se jogaram na frente do pandinha e foram mortas pela fera.
Todos os pandas da região ficaram muito tristes com a morte das pastorinhas e organizaram um velório para honrá-las por sua coragem. Para lembrar o sacrifício delas pelo filhote, todos os pandas colocaram cinzas pretas em seus braços (como era costume da região). Ao chorar  pela morte das pastorinhas, os pandas limpavam seus olhos com as suas patas, eles cobriam seus ouvidos para não escutar o choro, e se abraçavam em luto. Ao fazer isso as cinzas se espalharam e pintaram de preto o seu pêlo. Os pandas não lavaram as cinzas para nunca se esquerem das meninas. Até hoje os pandas têm as marcas pretas para sempre se lembrarem."
       - Lenda Tibetana sobre a pelagem dos pandas.

Como ser um panda

Os Pandas Gigantes (Ailuropoda melanoleuca) são o tesouro Nacional da China, e são também o símbolo da conservação na WWF.
Estes ursos são muito diferentes dos outros membros da família Ursidae.

(Fonte: www.npr.org)

Características:
  • São pequenos, uma fêmea pesa aproximadamente 80 kgs e um macho 160kgs. 
  • São classificados como carnívoros, mas 99% da sua alimentação consiste de bambu (o bambu tem pouco valor nutricional, por isso eles ingerem grande quantidade por dia - 10-13kgs).
  • Têm mandíbula potente devido a sua alimentação (dente molar grande e músculos mandibulares fortes para esmagar o bambu e alcançar os brotos internos).
  • Têm esôfago grosso e resistente para conseguir ingerir as lascas de bambu.
  • Sua pata tem 5 dedos e um tipo de dedão (para segurar os bambus).
Panda comendo bambu no Memphis Zoo (Fonte: Arquivo Pessoal)
  • Olho com fenda (como os gatos) e não redondo como em outros ursos.
  • Em cativeiro geralmente vivem em pares, mas na natureza eles são mais solitários.
  • Pandas não hibernam.
  • Habitam pequenas regiões nas montanhas da China central.
  • Em cativeiro: eles têm capacidade de iniciar sua vida reprodutiva ainda quando jovens, mas o problema é que eles não apresentam interesse até vários anos depois, e mesmo quando eles cruzam nem sempre há sucesso de fertilização.
  • Na natureza: em termos de reprodução é similar a outros ursos.
  • Gestação: 95-160 dias - 1 filhote a cada 2 anos.

Panda e seu filhote (Fonte: giant-panda.com)
  • Longevidade: 14-20 anos na natureza e 30 anos em cativeiro.
  • Existem apenas 1600 animais na natureza, sendo um dos animais mais ameçados de extinção do planeta - devido a caça ilegal e destruição de habitat.
  • O governo chinês criou mais de 50 reservas que protege aproximadamente 45% da população de panda.

Alguns sites de projetos de conservação dos pandas gigantes:

Panda Conservation Projects in China (conheça algumas oportunidades de viajar e ajudar estes animais)
http://www.globalvolunteerprojects.org/conservation/china.htm

WWF (conheça mais sobre os projetos desta organização)
http://wwf.panda.org/what_we_do/where_we_work/project/


Porque não acabar este post com uma dose de fofura?

 
Vídeo da Chengdu Panda Base

Espero que tenham gostado!

M.V. Verônica Pardini
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

  1. Olá, adorei o seu blog.

    Eu vi uma matéria interessante que diz: Que se alguma pessoa na China mata um panda, é sentenciada a pena de morte.

    Porém, é uma pena que mesmo assim a população dos pandas ainda seja pequena.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica! Fico feliz em saber que você gosta do blog! Não sabia deste fato! Muito interessante!

      Excluir